Santo Agostinho

A A
Santo Agostinho de Hipona
PADROEIRO
28 de Agosto

Data da fundação

10/05/1995
Vigário paroquial
Padre Aidan Fallon

Setor

Perus

Endereço

 Estrada da Ligação , 2750 , Residencial Sol Nascente

Contato

 (11) 3945-2634
 Atendimento da secretaria
Terça-feira
12
30
18
30
Quarta-feira
12
30
18
30
Quinta-feira
12
30
18
30
Sexta-feira
12
30
18
30
Sábado
08
00
12
00
Breve história 


No inicio do ano de 1995 um grupo de moradores do bairro sol nascente, bairro recém formado pelos trabalhadores sem terra de São Paulo, sentindo a necessidade de rezar começaram a se reunir nas casas para rezar o santo terço, cada vez com mais freqüência, pois cada vez mais o povo pedia a oração do santo terço,por não ter ali uma igreja católica tudo acontecia nas casas recém construídas, garagens e terrenos vazios.
Um dia dona Nívia uma das mulheres que rezavam o santo terço nas ruas, recebeu em casa a visita de um homem que se identificou sendo Pe Ezael Juriato, mas conhecido como Pe Tchê, (pároco da paróquia Cristo Reio) mesmo, sabia da existência da área nova e resolveu procurar aquele povo e ouvir sua história.
 A visita do Padre foi uma grande alegria, pois não estávamos mais sozinhos ele passou a andar conosco e em maio 1995, num terreno vazio da Rua Dom Oscar Romero foi celebrado a primeira missa. Que alegria receber a Santa Eucaristia, não podíamos mais ficar-mos quietos e a iniciativa foi tomada o Padre nos dava o maior apoio, pois havia uma capelinha que vivia fechada   e pertencia a família Sbrighi, mas como chegar até eles? Dona Zilda, também moradora do bairro conhecia os donos da capelinha e em nome de todos, ela e seu esposo Adão,foram pedir autorização para que nossos encontros fossem na capelinha, seu Décio de imediato concedeu o espaço e disse: cuidem bem da capelinha, pois ela tem um valor muito grande para nós.
Que alegria tínhamos um padre e agora também um lugar para rezar e louvar, e nós nos reunimos para limpar o terreno em volta da capelinha, pois o mato as cabras todos queriam dividir o espaço conosco dentro e fora da capela.
Dentro da capela havia um pequeno Santuário com a imagem de santo Agostinho que segundo a família estava lá a mais ou menos 40 anos, tudo aquilo passou a ser muito importante pra nós, Santo Agostinho passou a ser nosso padroeiro.
No inicio as missas ou celebrações eram celebradas aos sábados as 16:00hs dentro da capela,mas com o passar do tempo o espaço ficou pequeno,e resolvemos colocar uma lona para acolher melhor as pessoas na sombra, a lona era sustentada e presas nos troncos dos eucaliptos, que bastava vir uma chuva ou ventos fortes e tudo ia pro chão, e ficamos assim por dois anos.
Nesse período a família ficou sensibilizada com as nossas dificuldades e resolveu doar uma grande área do terreno para a comunidade. E a comunidade motivada por este fato resolveu construir um salão nos 
fundos da capelinha, isso aconteceu com muitas doações de matérias dos fies e moradores, e muitos trabalharam em prol da construção.
Nesse período os trabalhos com as pastorais já tínhamos dado inicio entre elas Batismo catequese e ação social, em 14 de novembro de 1996 Pe Tchê celebrou a primeira Eucaristia com a primeira turma da catequese.
Pe Tchê foi embora, mas nos deixou animados para continuarmos.Em fevereiro de 97, demos inicio a pastoral do Dizimo que teve um valor de 156 Reais com o numero de 28 pessoas. Também em 97 no domingo da Páscoa recebemos a visita de Dom Angélico e Pe Gean fazia o encerramento da campanha da fraternidade.
Em 99mais uma conquista, a casa paroquial estava sendo feita, e Pe Airton foi ordenado para ser nosso pároco, e ficou conosco por mais ou menos dois anos, também ficaram Pe Carlos, Pe Flávio e irmã Marina.
Em 2001veio ficar conosco Pe Wilton com ele tivemos os coroinhas, ampliações das pastorais, e a igreja que já tinha sido aumentada nos fundos agora seria aumentada pra frente, e vendo ainda que as crianças da catequese as vezes ficava na chuva ou no sol por falta de espaço dentro do salão da igreja disse: Vamos construir salas na parte superior da igreja e assim foi feita, com muitas doações, Pe Wilton foi embora e veio pra ficar conosco Pe Aécio,com ele começamos a fazer o trabalho com a pastoral da criança, e também usar o espaço com trabalhos sociais, agente jovem, alcoólicos anônimos, alfabetização de adultos, pois ele dizia: Que a igreja precisava trabalhar também com serviços sociais.
Em 2003 começamos ter missas mensais da Mãe Rainha com celebrante Pe Romeu, do santuário do Jaraguá.
Em fevereiro de 2005 veio pra ficar conosco Pe Adiam, que já nos fez trabalhar com o aspecto físico da comunidade deixando-a mais bonita, nos ensinou a usar a bíblia tirando os folhetos, melhorando a liturgia dando-nos formação, e tirou de nós o batismo, realizou o casamento comunitário e muitos outros casamentos, a comunidade Santo Agostinho, é o que é hoje graças a você que de alguma forma nos ajudou, zele por ela pois ela é um grande patrimônio que deixaremos aos nossos filhos pois cada pedacinho dessa comunidade tem um pouco da historia e do trabalho e do carinho de cada morador e do Padre que entendeu a mensagem e o projeto de Deus para cada um de nós.
Deus abençoe a cada um de nós.
 

Paróquia a qual faz parte 
Área Pastoral Santo Agostinho
Lugar - VF - Categoria e Nome 
Área Pastoral Santo Agostinho

Missas

Domingo
19
00

Sacramentos

Confissões